Já estamos acostumados a ficar sem cobertura de sinal de celular quando passamos por certos trechos das estradas brasileiras. Muitas pessoas acabam precisando ter mais de um chip de diferentes operadoras de telecomunicações para não ficar sem sinal.

Atualmente os serviços de telefonia são prestados nas proximidades das sedes das cidades, porém esse é um fato que pode mudar dentro de alguns meses. A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) da Câmara aprovou no dia 11 de dezembro de 2019 o projeto de lei 3.531/2015, que obriga as operadoras de celular oferecerem cobertura em todas as rodovias federais e estaduais, tendo o prazo de até dois anos para adaptarem suas redes de cobertura. Por enquanto o projeto de lei só incluiu o serviço de voz, deixando inicialmente de fora os serviços de conexão a Internet.

A ampliação da cobertura implicará custos para o aumento da infraestrutura que serão repartidos entre as operadoras e o poder público, está previsto no projeto de lei o compartilhamento das torres de sinal entre outras instalações e equipamentos, dependendo somente da regulamentação das condições e custos envolvidos.

O projeto de lei poderá entrar em vigor em até 90 dias, após a decisão da Câmara dos Deputados e aprovação nas seguintes etapas, resolvendo o problema de falta de sinal móvel nas estradas brasileiras.

Fonte: Podecomparar


 

COMPARTILHE ESSE CONTEÚDO...