Os 10 profissionais de TI que se destacarão em 2014

O momento é propício para profissionais de TI que estão se preparando para dar um upgrade na carreira em 2014. Novos cargos devem ser criados e alguns talentos serão mais disputados, com perspectivas de valorização salarial.

6219-crescimento_800

Confira as dez maiores demandas para 2014:

 

1. Cloud computing e virtualização
A computação em nuvem possui um modelo de infraestrutura de TI que provê recursos de modo mais fácil e econômico. Dessa forma, as empresas podem pensar em ter mais aplicações para aprimorar e alavancar negócios, o que, consequentemente, demanda que os profissionais de TI e os desenvolvedores de aplicativos tenham a habilidade de explorar os recursos da nuvem.

2. Programação e desenvolvimento de aplicativos
“Saber programar é e sempre será um grande diferencial em qualquer função de TI”, afirma Sandro Melo, professor e coordenador do curso de Redes de Computadores da BandTec, faculdade de TI ligada ao colégio Bandeirantes, os talentos de TI precisam reinventar-se constantemente.  Esta é uma habilidade importante, não só para quem atua com programação, mas também em outras áreas, como, por exemplo, o profissional de rede e banco de dados, em que o conhecimento de programação passa ser um diferencial para prover automação e escalabilidade.

3. Armazenamento de dados
Outra competência em alta. “As pessoas falam de computação em nuvem e se esquecem que esses arquivos têm que estar armazenados em algum lugar”, explica Melo. Por isso, há uma demanda crescente de profissionais com capacidade de criar, registrar, armazenar e gerenciar grande quantidade de estoque de dados.

4. BI
As empresas já aprenderam que inteligência de dados é algo relevante. Apesar de ser uma competência consolidada, as crescentes demandas motivam um campo fértil para expansão e também especialistas com domínio em BI.

5. Big Data
É preciso tratar dados não estruturados e torná-los úteis. Isso demanda profissionais com conhecimentos arrojados, que tenham boa base educacional nas áreas exatas, como cientistas de dados. Big Data é uma das principais prioridades para muitas empresas, mas precisa de pessoas certas para analisar a montanha de informação gerada todos os dias, principalmente a produzida pelas redes sociais.

6. Mobilidade
Em um futuro próximo, as pessoas deixarão de comprar computadores e passarão a utilizar apenas dispositivos móveis. E conforme há o crescimento deste recurso, as empresas passam a precisar, cada vez mais, de profissionais que estejam aptos a lidar com as demandas relacionadas à proliferação de tais dispositivos.

 7. IPv6
A “Internet das Coisas” vai gerar um outro conceito computacional, por isso é necessário existir estrutura que permita isso. No entanto, infelizmente, o Brasil ainda é um dos países que pouco fizeram. Muito disso por conta da falta de profissionais capacitados em IPv6.

8. Segurança
Garantir segurança nos ambientes atuais está cada vez mais complexo. Por isso, o mercado tem procurado profissionais que tenham a capacidade não só de construir modelos de segurança, mas também de testá-los, além de serem capaz de atuar quando o problema ocorrer.

 9. Soft Skills
Além das competências técnicas listadas acima, cada vez mais as empresas têm reconhecido a importância dos fatores comportamentais no trabalho. Seja para o sucesso dos projetos e processos, ou ainda, para o próprio desenvolvimento profissional, competências globais em gestão têm tido o mesmo peso que os conhecimentos técnicos.

“O ideal é que um profissional tenha um bom equilíbrio entre os hard e os ‘soft skills”, comenta Melo.  Para trabalhar essas competências com seus alunos, a BandTec oferece aos estudantes o Programa H, que integra formação humanista aos cursos de TI oferecidos pela instituição.

10. Inglês
Falar inglês na área de TI é essencial. Muitas das tecnologias são desenvolvidas nesse idioma, por isso, assim como uma boa formação, o idioma faz parte das competências necessárias do profissional que escolhe atuar em TI.

Fonte: [CIO.UOL]

COMPARTILHE ESSE CONTEÚDO...

Como Bloquear definitivamente um celular perdido ou roubado? Conheça o código IMEI!

O código IMEI

É o acrônimo de Mobile Equipment Identity (Identificação Internacional de Equipamento Móvel) é o código necessário para bloquear o aparelho em caso de roubo e em muitas situações relacionadas a suporte técnico de fábrica ou assistência técnica.

Todas as marcas têm códigos que podem ser digitados para realizar funções específicas de forma mais rápida.  O código IMEI  é um código que serve para identificar unicamente o seu aparelho celular. Dependendo da marca e da situação, o código IMEI pode ser chamado de “Número de série” ou “Número serial” ou mesmo “Serial number” do seu aparelho.

Há três maneiras principais de descobrir o IMEI do seu telefone celular:

  • A primeira delas é a mais complicada: você deverá abrir o seu telefone, tirar a bateria e procurar algum adesivo que tenha este número impresso.

Att-IMEI

  • A segunda maneira é simples, mas nem sempre você terá como fazer! Procure a nota fiscal do seu aparelho, caso você ainda a tenha e procure pelo código IMEI.

nota fiscal imei2013

  • A terceira é a maneira mais simples de todas basta digitar o código *#06# como se fosse fazer uma chamada. Após digitar este código, seu aparelho irá exibir o número de série (ou IMEI) para que você possa copiar tranquilamente.

Cómo-hacer-para-saber-el-IMEI-de-nuestro-celular

 

 

Como bloquear o IMEI

Bloquear o IMEI é a única garantia que você tem de que o ladrão não vai usar seu celular e nem tirar proveito de uma coisa que é sua. Para evitar transtornos, sempre mantenha o IMEI em um lugar seguro. Se você não tem a caixa, anote o número e guarde-o em casa, dessa forma se algo acontecer você tem o que precisa para solicitar o bloqueio.

1° Passo: Faça um Boletim de Ocorrência

Se o aparelho foi furtado ou você o perdeu, a primeira coisa a fazer (sempre) é ir até uma delegacia e solicitar um Boletim de Ocorrência – ele é obrigatório para o bloqueio do IMEI. Em alguns estados é possível solicitá-lo pela internet, sendo assim, procure o site da Polícia Civil para encontrar a Unidade Policial mais próxima.

Mesmo que a possibilidade de recuperação do aparelho seja pequena, sempre faça um BO, pois com ele em mãos é possível provar que o celular não estava com você se ele for usado em algo ilícito. Além disso, as autoridades podem saber exatamente o número de telefones roubados e tomar medidas para evitar mais furtos.

2° Passo: Converse com a operadora

Com o BO em mãos, entre em contato com sua operadora e solicite o bloqueio do IMEI e, se possível, do chip também. O atendente solicitará a cópia do BO por fax ou e-mail e assim que você enviar, o bloqueio será concluído.

celblock

Com isso, o aparelho perde completamente a utilidade. Embora não seja possível recuperá-lo, quem o roubou também não poderá fazer muita coisa com ele. Se todas as pessoas seguirem esses passos, roubar celulares perde o sentido, tendo em vista que eles não podem mais ser usados como tal.

FICA A DICA…

Fonte: [Tecmundo]
 

 

COMPARTILHE ESSE CONTEÚDO...

Como serão as Tecnologias no futuro?

051208_computador_futuro

As tecnologias crescem cada vez mais rápido, comparamos ha dez anos, hoje e daqui dez ou mais como será que esta esse mundo? cada vez mais presente na vida das pessoas… esses dois vídeos mostram como as empresas de tecnologia analisam e prevê o futuro tecnológico e o que ele vai mudar na vida de cada um…

Veja os vídeos


Vídeo2

Se não conseguir visualizar clica nos links abaixo:

Vídeo1

Vídeo2

COMPARTILHE ESSE CONTEÚDO...

Veja os tipos de ameaças e riscos que você corre na internet…

virus-no-computador-como-acabar

 

Spam

E-mail não solicitado, geralmente enviado a um grande número de pessoas. É difícil encontrar quem se utilize do correio eletrônico hoje em dia que já não tenha ouvido falar em spam, ou pior ainda, não seja uma de suas vítimas diárias. Se você é um dos felizardos que nunca foi apresentado ao spam, saiba que este é o termo pelo qual é comumente conhecido o envio, a uma grande quantidade de pessoas de uma vez, de mensagens eletrônicas, geralmente com cunho publicitário, mas não exclusivamente.

Malware

Termo que define todos os programas que executam ações maliciosas em um computador. São exemplos de Malware:

  • Adware: Software desenhado para apresentar propagandas, é considerado um Malware quando direciona a navegação do usuário ou monitora seus hábitos para envio de Spam.
  • Spyware: Software utilizado para monitorar atividades de um sistema e enviar informações para terceiros. Amplamente utilizado para roubo de senhas. Spywares são programas espiões, isto é, sua função é coletar informações sobre uma ou mais atividades realizadas em um computador. Todavia, isto não significa que eles sejam em sua totalidade programas maus. Existem sim, muitos spywares de má índole, criados para coletar informações pessoais e, com elas, praticar atividades ilegais.
  • Cavalo de Tróia ou Trojan Horse: é um tipo programa malicioso que podem entrar em um computador disfarçado como um programa comum e legítimo. Ele serve para possibilitar a abertura de uma porta de forma que usuários mal intencionados possam invadir seu PC.
  • Vírus: código responsável por “infectar” outros arquivos, inclusive o sistema operacional. Pode realizar operações não autorizadas e nem solicitadas pelo usuário. Disseminados através de Trojans, Pen Drives, etc.
  • Worm: é um programa semelhante aos vírus, com a diferença de este ser auto-replicante, ou seja, ele cria cópias funcionais de si mesmo e infectam outros computadores. Tal infecção pode ocorrer através de conexões de rede locais, Internet ou anexos de emails. Alguns worms infectaram centenas de computadores por meio das redes sociais MySpace e Facebook.
  • Keylogger: programa ou dispositivo capaz de monitorar e armazenar o que for digitado em um computador geralmente instalado por Trojans.
  • Botnet: rede de robôs, geralmente instalados através de um Malware transformando o computador da vítima em um “Zumbi”, que passa a atender a comandos remotos.

Veja alguns antivírus que pode ajudar a identificar essas pragas:

AVG

AVAST

AVIRA

ZONEALARM

Fonte:[Tecmundo]

 

COMPARTILHE ESSE CONTEÚDO...

Os cinco erros mais comuns durante uma entrevista de emprego… Veja…

 

entrevista de emprego

Especialistas em recursos humanos listam abaixo cinco erros mais comuns durante uma entrevista de emprego que causam rejeição imediata do candidato. Vejam a seguir quais são:

1. Perda de controle 

Muitos profissionais ficam inseguros e tensos durante as entrevistas pessoalmente de emprego. Esse comportamento, às vezes, torna os candidatos incapazes de responder perguntas básicas com naturalidade, o que prejudica o seu desempenho.

2. Quebra de protocolo 

Antes de ir para uma entrevista é aconselhável saber o tipo de empresa para qual está se candidatando. Não há nada pior do que ir para entrevista com roupa inapropriada ou não respeitar a filosofia da companhia. Procure saber com antecedência o estilo de seu futuro empregador e siga o código de vestimenta. Pode ser que a empresa exija que você compareça com terno ou roupas formais. Se for mais despojada, pode até ser permitido o uso de roupas informais, desde que estejam adequadas para a ocasião.

3. Preparação insuficiente

Conhecer todos os detalhes e história da empresa para a qual deseja ser contratado é essencial. Esteja preparado para perguntas sobre o tipo de negócio do seu futuro empregador. Se informar sobre a companhia, sua atuação no mercado e saber como pode contribuir para a companhia, conta ponto a seu favor. É uma forma de mostrar que vale a pena ser contratado.

4. Perfil inadequado 

Às vezes o desespero para conseguir um novo emprego faz com que profissionais se candidatem ou aceitem participar de entrevistas para posições que não são apropriadas ao seu perfil. Eles podem estar fora da faixa etária exigida ou não ter experiência necessária para o cargo em aberto. Avalie com cautela se vale a pena se expor nessas situações. Você pode causar uma impressão ruim e não ser chamado para futuras entrevistas dessa empresa.

5. Falta de clareza nas respostas

Muitos candidatos são derrubados nas entrevistas por não saberem responder algumas perguntas com clareza. Eles dão respostas ambíguas quando são questionados sobre a experiência que colocaram em seu currículo, intervalos que ficaram desempregados ou as razões pelas quais deixaram o antigo emprego. Psicólogos recomendam que os profissionais se preparem bem para responder às perguntas de forma rápida e convincente.

Fonte:[cioUol]

 

COMPARTILHE ESSE CONTEÚDO...

Aspectos legais de Software

Global technology

FREEWARE: Softwares gratuitos, que podem ser utilizados livremente sem ter que pagar por isso.

SHAREWARE: Produtos de Software que podem ser gravados livremente para avaliação mais que requerem o pagamento de uma licença no caso de uso continuado.

DEMO e TRIAL: Geralmente, uma versão mais curta, apenas uma parte deste pode se instalada para que o usuário possa verificar se gosta ou não do produto.

BETA: As versões ainda em desenvolvimento são conhecidas como beta. e que futuramente sairá a definitiva.

OPEN SOURCE: Tipo de distribuição no qual o programa é Freeware e o seu Código Fonte também esta disponível para download.

 

COMPARTILHE ESSE CONTEÚDO...