Archive for TI

Sua internet pode piorar com as limitações das operadoras

ilimitações na internet

No começo de fevereiro que a Vivo anunciou um novo modelo de negócios para o Internet Fixa, antigo Speedy, que é sua divisão responsável por oferecer planos de internet residencial. As declarações da companhia chocaram a internet: a partir de 2017, os planos de banda larga da empresa passariam a ter um sistema de franquia igual aos que já conhecemos no mundo da rede móvel.

Isso significa que, no ano que vem, clientes da companhia terão um limite de dados em gigabytes para navegar na web – e, caso ultrapasse tal saldo, suas conexões podem ter a velocidade reduzida ou até mesmo serem cortadas, sendo necessário pagar uma taxa extra para continuar navegando normalmente. Em seu plano mais econômico (Banda Larga Popular de 200 Kb/s), a Vivo oferecerá uma franquia de 10 GB; no mais robusto (25 Mb/s), esse valor sobe para 130 GB.

Em meio a uma polêmica absurda, não demorou muito para que outras operadoras decidissem aderir à nova moda: a NET/Claro e a Oi entraram na onda das franquias, enquanto a Live TIM preferiu resguardar-se sobre o assunto. Mas, afinal, o que muda na vida do consumidor caso esse novo formato entre em vigor? O que cada empresa tem a dizer sobre o assunto? Quais iniciativas estão sendo organizadas para barrar a mudança? Veja algumas respostas para essas e outras perguntas fundamentais.

VEJA A MATÉRIA COMPLETA AQUI

Veja mais Link1

Veja mais Link2


Veja a ideia do Gênio da Tecnologia para acabar com a Dengue e Zika

Ideia-Criativa-Para-acabar-com-dengue

Conheça a ideia de Bill Gates criador do Windows e fundador da Microsoft, além de ser o homem mais rico do mundo na atualidade.

Bill Gates

Bill Gates

Veja a proposta:

A Fundação de Bill Gates está negociando com governos latino-americanos e cientistas sobre a possibilidade de espalhar centenas de mosquitos que seriam incapazes de transmitir a dengue e o Zika. 

A ideia da organização é “liberar” mosquitos infectados com a bactéria Wolbachia pipientis, que os impede de transmitir algum vírus quando picam as pessoas. A nova raça de mosquitos foi criada por cientistas da Universidade de Monash, na Austrália. A novidade foi testada como parte de um programa de US$ 40 milhões para erradicar a doença na Indonésia, Austrália, Vietnã e Rio de Janeiro.

“A pesquisa, em fase inicial, tem rendido resultados muito promissores”. No entanto, não podemos dizer com certeza que ela é eficaz”, explica Fil Randazzo, vice-diretor da Fundação Bill & Melinda Gates, em Seattle, nos Estados Unidos.

De acordo com os cientistas, a tecnologia proposta por gates é eficaz e barata. “É mais econômico do que os inseticidadas. As coisas parecem favoráveis”, explica Ivan Dario Velez Bernal, diretor do programa de doenças tropicais na Universidade de Antioquia, em Medellín, na Colômbia.

A bactéria
A Wolbachia é encontrada em cerca de 50% dos insetos do mundo e interrompe a propagação de alguns vírus. O Aedes aegypti , responsável pela propagação da dengue, não possui a bactéria naturalmente. Os pesquisadores, então injetaram as bactérias, captadas de moscas de fruta, em embriões de mosquitos. “Nós não temos que continuar injetando-a. depois disso ela é herdada”, explica Scott O’Neill, especialista em insetos da Universidade Monash, que lidera o programa de combate à dengue de Gates. 

Segundo ele, o custo de implementação do projeto é de US$ 1 por pessoa, bem menos do que os US$ 7 estimados na produção de mosquistos transgênicos.

Em testes na Austrália realizados por um ano, a transmissão local da dengue foi interrompida completamente.

Fonte: [TechnologyReview]  [OlharDigital]


Novo botão curtir é liberado para todos os usuários do Facebook

Novo botão curtir

Depois de quase um ano de testes, o Reactions, novo recurso que funciona no lugar da tradicional curtida no Facebook, será estendido a todos os usuários. A novidade foi anunciada pela própria rede social.

“Temos escutado as pessoas e sabemos que deve existir mais maneiras de expressar o sentimento gerado por algo que você vê no Feed de Notícias. Por isso, hoje estamos lançando o Reactions, uma extensão do botão curtir, para oferecer mais maneiras de compartilhar reações de maneira rápida e fácil”, explica a empresa.

Mark Zuckerberg publicou uma nota no seu perfil Veja Aqui

Como funciona?
O recurso conta com seis emoticons universais que representam irritação, tristeza, surpresa, risada e amor, além da curtida tradicional. As emoções são condensadas na hora da exibição, com o objetivo de deixar a página organizada visualmente.

Novo botão curtir2
Para adicionar uma reação, mantenha pressionado o botão Curtir no celular ou passe o mouse em cima do botão “Curtir”, se estiver no desktop.

A atualização será liberada nos próximos dias a todos os usuários. 

Fonte: [Olhar Digital]

Golpe no WhatsApp espalha vírus no celular

maxresdefault

Um esquema descoberto no WhatsApp promete acesso ao recurso de videochamadas, ainda inexistente no mensageiro. O convite para usar a falsa ferramenta tem sido disseminado por contatos, na forma de uma mensagem com link. Com isso, uma página é aberta para pedir dados pessoais de usuários, como número de telefone. Revelado nesta segunda-feira (22), o golpe tem origem no Brasil e foi denunciado pela Kaspersky Lab.

Depois de preencher um formulário, quem cai no falso convite é informado, pelo site malicioso, que é necessário convidar dez amigos para a novidade. Essa dinâmica permite ao golpe se espalhar com facilidade e infectar celulares com WhatsApp. 

Após convidar o número mínimo de contatos, o usuário é direcionado para uma série de ofertas de apps de origem duvidosa, que podem prejudicar a segurança do smartphone. De acordo com a Kaspersky Lab, os tipos de aplicativos e conteúdo das mensagens que disparam o esquema são diferentes entre Android,Windows Phone e iPhone (iOS).

Um ponto grave a respeito dessa nova manobra de cibercriminosos é que links de programas legítimos têm sido usados. Com isso, apps confiáveis são distribuídos de forma suspeita, o que pode iludir os clientes. 

Outro detalhe perigoso é que ao informar o número do celular no preenchimento do formulário, o usuário dá aos criminosos a possibilidade de inscrevê-lo em serviços de assinatura, que podem causar prejuízos muito maiores.

whatsapp-golpe

Fique atento para mensagens suspeitas (Foto: Divulgação/Kaspersky Lab)

O golpe repete uma fórmula já aplicada em outros episódios. Para o analista sênior de segurança da Kaspersky Lab no Brasil, Fabio Assolini, isso demonstra que os crimes anteriores foram bem-sucedidos e que os hackers seguem com a mesma estratégia para invadir aparelhos. 

Fonte: [TechTudo]

Celulares seminovos valem descontos na troca por um aparelho novo

celulares

De olho em quem quer trocar o aparelho de celular, as empresas de telefonias estão comprando celulares usados e convertendo o valor em desconto na aquisição de um novo. Os descontos podem chegar a R$ 2,4 mil, a depender da operadora e do estado do aparelho usado.

O programa da Vivo recebe qualquer aparelho independente da operadora, com descontos de até 2,4 mil. No entanto, o desconto está condicionado a contratação de planos pós-pagos e de fidelização. A Oi também realiza a troca do usado. Qualquer aparelho pode valer até R$ 1,6 mil na troca por um novo. Não é necessário aderir a nenhum plano da Oi. Claro e Tim informaram ao CORREIO que ainda não disponibilizam este  serviço para não-clientes.

Procura por usados chega a 30%, aponta Sebrae

O segmento de usados como um todo  tem crescido na contramão da crise. Segundo o superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Adhvan Furtado, a procura do consumidor por esse tipo de negócio e o aumento no movimento de vendas cresceu entre 20% e 30%.

Os números são do último levantamento feito pelo Sebrae, que mostrou ainda que, desde janeiro de 2013, o crescimento dos pequenos negócios nesse segmento era de 23%, considerando as 10,8 mil micro e pequenas empresas existentes no Brasil naquele período. “A própria crise potencializou esse mercado. Todo mundo tem buscado mais benefício com menor custo”, explica Furtado.

Fonte: [iBahia]

Instagram terá anúncios em vídeo de até 60 segundos

instagram2

Anúncios do Instagram parecem ainda não ter entrado na moda no Brasil, mas lá fora eles já estão começando a ganhar corpo. Percebendo a tendência, o aplicativo começou a dar mais liberdade para as empresas, e anunciou nesta terça-feira, que liberou vídeos de até 60 segundos em sua plataforma, dobrando o tempo-limite de anúncios em vídeo.

Quando os anúncios em vídeo foram liberados na plataforma, em setembro do ano passado, o limite era de 30 segundos, que já é o dobro do que os usuários podem usar. A ideia era atrair anunciantes oferecendo o mesmo tempo que um comercial de TV normalmente tem e dar o tempo necessário para que as marcas pudessem passar sua mensagem.

No entanto, você, eu e praticamente toda a base de 400 milhões de usuários do Instagram, continuaremos com seu limite de 15 segundos de vídeo, a menos que decida pagar para publicá-los.

A publicidade no Instagram é uma das principais apostas do Facebook, destacada durante a apresentação dos resultados da empresa no último trimestre. A empresa diz que 98 dos 100 maiores anunciantes do Facebook também recorreram ao Instagram no período. Com maior liberdade criativa, a expectativa é que o interesse no formato publicitário aumente.

Fonte: [Olhar Digital]

Android rende bilhões ao Google

android-2016

Por uma questão de negócios, o Google não divulga oficialmente quanto cada um de seus produtos rende em termos de faturamento e lucro anualmente. Porém, durante um processo movido pela Oracle contra a empresa, a criadora do Java afirmou que só o sistema Android já levou mais de US$ 31 bilhões (cerca de R$ 127 bilhões) aos cofres do Google em sete anos.

A informação foi divulgada durante uma das audiências em que a Oracle acusa o Google de ter utilizado o Java durante o desenvolvimento do Android sem pagar as licenças de uso. Foi durante esse mesmo processo que os advogados da Oracle revelaram que o Google pagou mais de US$ 1 bilhão à Apple para ser o buscador padrão do iPhone.

Lançado em 2008, o Android gera lucros para o Google exibindo anúncios para usuários do sistema e com uma parcela das compras realizadas em sua loja de aplicativos, a Google Play. Segundo a Oracle, o Java foi utilizado de modo ilegal porque o Google tinha pressa para finalizar o sistema operacional que competiria com o iOS, da Apple.

A empresa, naturalmente, não ficou nada feliz com a revelação sobre o seu faturamento. O Google disse que já entrou com uma ação na Justiça americana para remover dos arquivos públicos a transcrição da audiência em que os advogados da Oracle revelam detalhes “sensíveis” para a sua estratégia comercial.

Via [Bloomberg] [Olhar Digital]

 

Não fique sem WhatsApp baixe o Telegram

telegram-messenger-vs-whatsapp

Telegram ganha 1,5 milhão de usuários brasileiros após queda do WhatsApp. O aplicativo Telegram, que tem funções semelhantes às do WhatsApp, passou a ter 500 mil novos usuários brasileiros em três horas, de acordo com o próprio app.
As principais operadoras de telefonia móvel do Brasil foram intimadas pela Justiça nesta quarta-feira (16) a bloquear o app de mensagens WhatsApp em todo o território nacional por 48 horas. O bloqueio vale a partir da 0h de quinta-feira (17).
O recebimento da determinação judicial foi confirmado pelo Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móvel Celular e Pessoal, o SindiTelebrasil, que representa Vivo, Claro, Tim, Oi, Sercomtel e Algar.

Baixe e convide seus amigos agora:

Para Android Click AQUI

Para IOS (Iphone) Click AQUI

 

Ou você pode ir direto no pelo celular e baixar…Na loja Google Play ou App Store – iTunes e procurar por Telegram.

 

O fim do CHIP SIM pode estar próximo…

Fim-do-chip

O SIM card está morrendo, e sua falta provavelmente não será sentida. Depois de anos diminuindo progressivamente de tamanho, Apple e Samsung, as duas maiores fabricantes de smartphones no mundo, estão discutindo com a indústria de telecomunicações o fim do tradicional chip, que dará lugar a uma solução virtual.

O novo ser padrão desenvolvido pela Apple e Samsung em parceria com alguns operadores tem sido chamado e-SIM, uma vez que será construída dentro do aparelho. A ideia é que, no futuro, através do sistema operacional, você registrar o seu número de telefone no Smartphone sem a necessidade de inserir um cartão SIM do operador correspondente. Ou seja, todo o processo é eletrônico e via software. Este novo sistema irá permitir ao utilizador alterar transportador de uma maneira mais fácil, possivelmente colocando a extremidade, a longo prazo, para dispositivos com mais de um chip.

Segundo o Financial Times, as empresas conversam com a GSMA, associação que controla o sistema telefônico GSM, usado pela maioria das operadoras de telefonia no mundo. 

A sigla E-SIM se refere a “embedded SIM”, cuja tradução seria “SIM incorporado”. O nome dá a entender que o usuário não teria mais acesso ao chip do celular. No entanto, isso também não seria necessário, já que você pode trocar de operadora sem precisar mexer no seu Smartphone.

O primeiro passo já foi dado pela Apple há pouco tempo, com o iPad Air 2. Nos EUA, é possível optar pelo Apple SIM, uma solução própria para o cartão SIM virtual. No entanto, o impacto na indústria não foi muito grande, e as operadoras não abraçaram a ideia.

O E-SIM não deve ser um padrão imediato, e o chip tradicional deve continuar sendo dominante por algum tempo, porque ele ainda é muito usado no mundo todo. No entanto, várias grandes operadoras já estão no barco, como AT&T, Deutsche Telekom, Etisalat, Hutchison Whampoa, Orange, Telefónica, Vodafone. Se mais fabricantes e operadoras decidirem apoiar o padrão, o chip SIM como conhecemos hoje deve morrer em alguns anos.

Fonte: [Olhar Digital]

5 dicas para não ser enganado por descontos falsos na Black Friday

Focado-em-TI

A Black Friday deste ano acontece nesta sexta-feira, 27, e muitos potenciais consumidores estão desconfiados. Afinal, as primeiras edições do evento no Brasil popularizaram o termo “Black Fraude”, em referência aos falsos descontos ofertados por muitos lojistas e fabricantes em geral.

Se você quer comprar um celular, TV, videogame ou qualquer outro item (eletrônico ou não), é preciso estar atento. Para que você não acabe sendo vítima de promoções do tipo “tudo pela metade do dobro”, listamos abaixo algumas dicas que podem te ajudar a encontrar descontos verdadeiros nesta Black Friday.

1 – Pesquise preços

Tente não fechar a compra do primeiro produto que aparecer na sua frente prometendo descontos de 20%, 30% ou 40%. Pesquise em outras lojas e compare preços. Em caso de eletrônicos, vale até vasculhar o site da fabricante ou páginas de notícias em busca do valor original. Não tenha pressa.

2 – Acompanhem os produtos desejados

Também não é recomendado aproveitar a Black Friday para adquirir um produto que nunca despertou seu interesse antes. Se você estiver de olho naquele celular ou notebook específico há algum tempo, acompanhe as flutuações no preço e o quanto ele custa antes da sexta-feira. Assim você saberá se aquele desconto faz, de fato, alguma diferença.

3 – Confirme a reputação da loja

A maioria dos grandes varejistas deve aderir à Black Friday, assim como muitas empresas menores e pouco conhecidas do mercado. Por isso, certifique-se de que, ao comprar algo de uma loja que você não conhece, outros clientes aprovaram e recomendaram o serviço. Contudo, procure dar preferência àquelas com as quais você já está acostumado.

4 – Desconfiem de ofertas “generosas”

Descontos girando em torno de 20% e 30% são normais na Black Friday. Com sorte, é possível encontrar produtos de qualidade até pela metade do preço original. Mas procure desconfiar de ofertas que cheguem a oferecer 80% ou 90%, já que números tão altos podem esconder o valor real, gerando a ilusão de um desconto que, na prática, não é vantajoso.

5 – Atenções aos pormenores

Outra tática usada por lojistas mal-intencionados é a de cobrir o valor do desconto com taxas abusivas. É comum que a entrega de um item que ficou 15% mais barato, por exemplo, cobre do cliente um frete absurdamente fora da realidade, tornando a compra final ainda mais cara do que em qualquer outro dia além da Black Friday. Leia com atenção as exigências e condições de cada promoção.

Fonte: [Olhar Digital]

 

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers