Tag Archive for Ailton Sousa

4 coisas irritantes em sites…

focado-em-tec

Existem diversos fatos que dificultam o acesso a um site, uma URL complicada, não aparece no Google ou sem muitas referencias. Mais esses quatros problemas comum em muitos sites deixa qualquer pessoa irritada e sem intenção de voltar a acessar aquele ambiente, o cuidado é maior para com esses erros se seu site for institucional.

A dica é de Carla Unius, da agência de publicidade Unius Multimídia e Comunicação.

1 – Informações “escondidas”

Nada pior do que acessar o site da companhia e ter dificuldades para encontrar telefones, endereços e e-mail. Todos já experimentaram a sensação desagradável de gastar minutos em uma página para encontrar uma maneira de se comunicar com a empresa. O ideal é que esses dados estejam em destaque e visíveis em todas as páginas ou na maioria delas.

2 – Links quebrados e botões que não funcionam

Além de atrapalhar a navegação, um link que não funciona causa a impressão de descuido e desatualização. Não é raro ver sites com botões quebrados. É importante que a empresa teste com alguma frequência as opções e se certifique de que tudo está correto.

3 – Inserir música

A intenção é boa: cativar e entreter quem está navegando com uma música. Porém, há ambientes, como o profissional, em que as pessoas preferem o silêncio. Pode ser extremamente desagradável precisar procurar um botão para bloquear o som enquanto todos ao redor olham para saber de onde vem o ruído.

4 – Erros de português e termos técnicos

Quando o conteúdo de um site apresenta erros de ortografia, a credibilidade da mensagem e a imagem da empresa ficam automaticamente prejudicadas. Na hora da revisão, termos técnicos e traduções merecem atenção especial. Em caso de termos técnicos, há que se tomar também o cuidado para que leigos entendam a mensagem. A dica é colocar uma explicação entre parênteses, por exemplo.

Fonte:[Olhar Digital]

Saiba as origens de algumas palavras no meio tecnológico…

focado-em-ti

 

Parece que não, mas muitos termos tecnológicos possuem origens totalmente diferentes da área de tecnologia. O Site Gizmodo citou alguns…

Veja os mais conhecidos e suas origens…

Bluetooth

No século 10, o rei escandinavo Harald Gormsson ficou conhecido por unir toda a Escandinávia por seu dente. Relatos afirmam que o dente era tão podre, que chegava a ser azul, o que tornou o rei conhecido e fez ele “cair no gosto do povo”. Assim, o monarca recebeu o apelido de “blue tooth” (em inglês, “dente azul”) e mais tarde, foi escolhido por Jim Kardach, desenvolvedor da Intel, para nomear a tecnologia sem fio da empresa.

Spam

Você pode não conhecer, mas durante anos, Spam era o nome de uma marca de carne enlatada que era encontrada facilmente, mas não era muito apreciada pela maioria das pessoas. A AOL, Prodigy e MUD, eles usavam a palavra “spam” em chats para se referir a pessoas que criavam macros para repetir a mesma coisa diversas vezes, entupindo as salas de bate-papo. Foi só mais tarde, nos anos 90, que os usuários resolveram adotar o termo para designar e-mails indesejados.

Google

O nome “Google” vai muito além de um conglomerado de serviços, aplicativos e produtos. Ele deriva do termo matemático “googol”, que responde por um número representado pelo numeral um seguido de 100 zeros. Quando Larry Page e Sergey Brin criaram a empresa, a ideia era uma metáfora na qual o buscador fosse capaz de armazenar uma quantidade aparentemente infinita de informações na internet.

Hack

Muito antes de surgirem os hackers, a palavra “hack” significava, em inglês, durante o ano 1200, um corte bruso ou truque inteligente. Foi só em 1975 que a palavra “hacker” apareceu no The Jargon File, um glossário para programadores. O termo possuía oito definições, sendo que o último designava alguém que fosse um “intrometido malicioso que tenta descobrir informações confidenciais”.

Cookies

A origem do termo cookies na tecnologia é uma metáfora e tanto. Para quem não sabe, “cookies” responde pelo conjunto de informações armazenadas pelo navegador, como senhas e nomes de usuários. Quando programadores resolveram achar um nome para designar esses dados, eles tiveram a ideia de compará-los com biscoitos da sorte chineses. Isso porque enquanto o biscoito salva fortunas dentro de seus conselhos, o programa também salva informações muito valiosas.

Bug

Quem sabe falar inglês sabe que “bug” significa “inseto”. E parece que foi mesmo um inseto que foi responsável pelo surgimento no termo na tecnologia. Isso porque uma teoria de 1947 afirma que quando Grace Hopper, pioneira da programação, estava trabalhando no computador Harvard Mark II, seu trabalho foi suspenso pela presença de uma mariposa que ficou presa no relay, um dos componentes do equipamento. O computador teve de ser reiniciado e daí, surgiu o termo “debugging”.

Fonte: [Olhar Digital]

A diferença em Site, Blog e Portal…

focadoemti

 

Site

Qualquer projeto na web é um site, a palavra site vem da variação da palavra sítio que é utilizada no português de Portugal para referenciar os espaços na web. Porém a palavra site lembra modelos mais tradicionais na web onde a linguagem utilizada é mais formal, geralmente são utilizados para representar uma empresa ou produtos. Possui páginas abertas com conteúdos atualizados em tempos maiores.

Blog

Basicamente um blog tem as mesmas funções de um site, porém sua dinamicidade é muito maior. E a linguagem usada é um pouco menos formal. Atualmente existem blogs dos mais variados assuntos e segmentos que pensarmos, tem blog que trata do assunto de forma séria outros de forma divertida.

Portais

Como o próprio nome nos passa a ideia, portais são sites que possuem várias “portas”, para diferentes tipos de conteúdos de diferentes assuntos, sendo assim podemos classificar os portais como espaços que aglomeram e distribuem conteúdos variados.

 Fonte:[Portalgsti] [Juliana Basilio]

Os 10 profissionais mais buscados no país e no mundo…

focadoemti

A falta de profissionais qualificados não é um problema somente o Brasil. Japão, Perú, Índia e Argentina também sofrem com a escassez de profissionais qualificados, segundo a 9ª Pesquisa Anual sobre a Escassez de Talentos do Manpowergourp.

Veja o ranking dos 10 profissionais mais procurados no Brasil:

2014
2013
1) Operários 1) Técnicos
2) Técnicos 2) Operadores de produção
3) Motoristas 3) Contadores e profissionais de finanças
4) Secretárias, assistente administrativo e auxiliar de escritório 4) Trabalhadores de ofício manual
5) Trabalhadores de ofício manual 5) Operários
6) Profissionais de TI 6) Engenheiros
7) Contadores e profissionais de finanças 7) Motoristas
8) Operadores de máquinas e produção 8) Secretárias, assistente administrativo e auxiliar de escritório
9) Engenheiros 9) Representante de vendas
10) Gerente de vendas 10) Mecânicos

As organizações apontaram que a escassez resulta diretamente na redução da capacidade de atender adequadamente seus clientes (41%), redução da competitividade e produtividade em geral (40%), aumento da rotatividade de pessoal (27%) e diminuição na criatividade e inovação (24%).

Veja o ranking dos 10 profissionais mais procurados no mundo:

2014
2013
1) Trabalhadores de ofício manual 1) Trabalhadores de ofício manual
2) Engenheiros 2) Engenheiros
3) Técnicos 3) Representantes de vendas
4) Representantes de vendas 4) Técnicos
5) Contadores e profissionais de finanças 5) Contadores e profissionais de finanças
6) Executivos e gestores 6) Executivos e gestores
7) Gerentes de vendas 7) Profissionais de TI
8) Profissionais de TI 8) Motoristas
9) Secretárias, assistente administrativo e auxiliar de escritório 9) Secretárias, assistente administrativo e auxiliar de escritório
10) Motoristas 10) Operários

Para superar o problema, as estratégias mais comuns adotadas pelas organizações são: aumento dos treinamentos para os empregados atuais, mais oportunidades de desenvolvimento para a equipe atual, redefinição de descrições de cargos e aumento dos benefícios oferecidos. Veja a matéria completa AQUI

 Fonte: [G1]

Cinco países onde o Google quase não existe…

google-Focadoemti

A liderança do Google a nível global no campo das buscas é avassalador. O Google é de longe o buscador e o site mais acessado do mundo, mais por incrível que pareça existe países que praticamente não usa o buscador. Veja abaixo os países e seus principais navegadores.

  1. RÚSSIA: O buscador que domina por lá com mais de 46% é o Yandex.
  2. REPÚBLICA CHECA:Seznam é outro nome desconhecido por aqui, mas na República Checa é o buscador preferido dos internautas.
  3. CHINA: O Baidu  é a página mais visitada da China, onde conta com 60% das buscas..
  4. CORÉIA DO SUL: Por lá quem domina é o Naver,  60% das buscas geradas naquele país são feita nesse buscador.
  5. JAPÃO: Ali o buscador é o Yahoo Japão, que dispõe de mais de 50% do mercado de buscas no Japão.

Só para lembrar no Brasil o Google domina 90% das buscas e é o site mais acessado junto com o Facebook e Youtube.

Fonte:[Mdig]

A evolução do computador – 15 de Agosto – dia da Informática

ENIAC

ENIAC

Há exatos 68 anos surgia o ENIAC, um dos computadores mais importantes para a história da informática, criado em 1946. Sua relevância foi tão grande que a data de 15 de agosto celebra o Dia da Informática.

Acrônimo de Computador e Integrador Numérico Eletrônico, o ENIAC foi desenvolvido por dois cientistas norte-americanos chamados John, o Mauchly e o Presper Eckert, ambos da Universidade da Pensilvânia.

O projeto começou em 1943 e a ideia era que o computador fosse usado para fins militares pelo Exército dos Estados Unidos, que estava envolvido com a Segunda Guerra Mundial.

Era um nível tecnológico inimaginável para muita gente. Funcionando a uma velocidade 1 mil vezes superior ao alcançado pelas máquinas da época, o ENIAC ganhou até o apelido de “cérebro gigante”.

Hoje, é claro, os 5 mil cálculos que ele fazia por segundo não são sequer comparáveis aos quatrilhões de operações que o supercomputador chinês Tianhe-2 alcança no mesmo tempo – é o mais potente do mundo, atualmente.

Tianhe-2

Tianhe-2

É importante observar, porém, que o ENIAC não é necessariamente o primeiro computador da história. O alemão Konrad Zuse desenvolveu, em 1936, o Z1, primeiro computador eletromecânico da história, que conseguia realizar cálculos e exibir a solução em uma fita perfurada. A máquina era gigantesca e pesava quase 500 kg e fazia apenas adições, subtrações, multiplicações e divisões, além de cálculo de raiz quadrada. Pouco depois, ele criou o Z3, a primeira máquina totalmente automática e programável.

Por muitos anos, a “paternidade” do computador ficou com John Mauchly and John Eckert, o que foi contestado ao longo dos anos. Com a controvérsia, o computador foi considerada uma invenção de domínio público.

LEIA MAIS AQUI

 

Fonte: [Olhar Digital]

 

Erros fatais ao escolher o nome da sua empresa…

A consequência de um nome mal escolhido pode render dores de cabeça se você não verificar se sua marca está de acordo com especificações da Junta Comercial, por exemplo. Ao se arrepender da escolha, é preciso dinheiro e tempo para promover outro nome. Confira abaixo, oito erros que empreendedores cometem ao nomear sua empresa.

no-error

  • Não se planejar

“É preciso tomar o tempo necessário para escolher o nome. Toda a reputação vai estar em volta do nome e da marca escolhida”, afirma Giancarlo Greco, professor de marketing do Insper. Ele ainda recomenda que, se tiver condições, o ideal é buscar ajuda de um profissional que possa auxiliar no ponto de vista da criatividade e levantar as marcas existentes no mercado.

  • Escolher nomes longos

“O nome tem que ser fácil de gravar como Nike, Twitter e Apple”, diz Mafra. Para ele, nomes longos e difíceis de serem escritos podem ser inconvenientes durante uma reunião de negócios, por exemplo, em que os prováveis fornecedores ficam com medo de pronunciar o nome de maneira incorreta.

  • Ter nome muito parecido com o do concorrente

Para Greco, o nome é que ajudará sua empresa a se destacar no mercado, por isso, um nome muito similar ao do concorrente pode ser uma estratégia de querer se aproximar do líder, mas não é vantajoso. “Você acaba confundindo os clientes”, explica.

  • Recorrer a palavras muito genéricas ou específicas

Urdan explica que nomes muito óbvios, que sintetizam o serviço ou produto da empresa, podem ser uma saída fácil inicialmente. Afinal, esta estratégia ajuda a definir melhor o que a empresa faz através do nome. Escolher palavras muito genéricas ou muito específicas e regionais pode ser um erro, já que sua empresa fica sem uma marca bem definida.

  • Associar ao próprio nome

“Isso é uma faca de dois gumes, quando você associa seu nome à empresa, fica para sempre. E, se amanhã o empreendedor abrir outro negócio, corre o risco de ser associado ao anterior”, afirma Mafra.

  • Recorrer a palavras de outros idiomas

Neste caso, o erro não é usar termos em inglês ou de outras línguas estrangeiras, e sim, não se preocupar com o sentido da palavra e se será de fácil entendimento e pronúncia do público. “Se as palavras já foram incorporadas no nosso vocabulário, não tem problema. Mas se a recepcionista de sua empresa tem problema em pronunciar o nome, é preciso cuidado”, afirma Greco.

  • Ignorar a sonoridade

“Há propriedades fonéticas que são bem apropriadas para determinados segmentos”, afirma Urdan. Por isso, antes de nomear sua empresa, ele recomenda que empreendedores pesquisem sobre quais vogais e consoantes são recomendadas para determinados mercados. Para Greco, um nome com sonoridade ruim não associa simpatia aos clientes e fornecedores.

  • Abusar de siglas

Para os professores, as siglas podem ser mais fáceis, mas é importante que signifiquem algo. “De alguma forma, você tem que saber qual o serviço ou produto que esta sigla traduz”, explica Greco.

 Fonte: [Exame]

13 coisas que você não sabia sobre o Facebook

vc-sabia-face

Que o Facebook é a rede social mais popular do mundo, com 1,3 bilhão de usuários, você já sabe. Que seu dono é o jovem bilionário Mark Zuckerberg, também. Mas há pelo menos outras 13 informações sobre o site que você talvez desconheça. Listamos abaixo algumas curiosidades, reproduzidas do Buzzfeed.


 1. Al Pacino foi o primeiro rosto no Facebook

2. Todos os dias são feitas cerca de 600.000 tentativas de invasão de contas na rede social

3. 64% dos usuários que criaram um perfil visitam o site diariamente

4.  O Facebook é apontado como motivo de 1 em cada 3 divórcios britânicos

5. Por mês, mais de 1 bilhão de pessoas acessam o Facebook em dispositivos móveis.  Isso corresponde a 1/7 da população da Terra.

6.  Pessoas já foram assassinadas por desfazerem amizades na rede social

7.  Mesmo depois de deslogar, a rede social continua rastreando os sites que você visita.

8. Pagando US$ 0,29 , mensagens enviadas a pessoas desconhecidas aparecerão na caixa de entrada, e não na pasta “Outros”, que nunca é visualizada.

9. O Facebook é azul porque Mark Zuckerberg sofre de daltonismo.

10. Entre 2060 e 2130, o Facebook terá mais perfis de pessoas mortas do que vivas.

11. Digitando o número 4 depois da url principal do site, você será direcionado automaticamente para o perfil de Zuck.

12. Um adulto usuário médio da rede possui 338 amigos

13. O significado de “Poke” nunca foi definido.

Fonte: [Olhar Digital]

Adeus ao Orkut

orkut-fim

 

 

Após dez anos de conversas e conexões sociais on-line, nós decidimos que é hora de começar a nos despedir do Orkut. Ao longo da última década, YouTube, Blogger e Google+ decolaram, com comunidades surgindo em todos os cantos do mundo. O crescimento dessas comunidades ultrapassou o do Orkut e, por isso, decidimos concentrar nossas energias e recursos para tornar essas outras plataformas sociais ainda mais incríveis para todos os usuários.

O Orkut não estará mais disponível após o dia 30 de Setembro de 2014. Até lá vamos manter o Orkut no ar, sem grandes mudanças, para que você possa lidar com a transição. Você pode exportar as informações do seu perfil, mensagens de comunidades e fotos usando o Google Takeout (disponível até setembro de 2016). Um arquivo com todas as comunidades públicas ficará disponível online a partir de 30 de Setembro de 2014. Se você não quiser que seu nome ou posts sejam incluídos no arquivo de comunidades, você pode remover o Orkut permanentemente da sua conta Google. Para mais detalhes, por favor, visite a Central de Ajuda.

Foram 10 anos inesquecíveis. Pedimos desculpas para aqueles de vocês que ainda utilizam o Orkut regularmente. Esperamos que vocês encontrem outras comunidades online para alimentar novas conversas e construir ainda mais conexões, na próxima década e muito além.

Fonte: [Equipe Google]

O que é Código-Fonte?

focadoemti

Os códigos-fonte são conjuntos e sequencia representado em palavras ou símbolos de forma ordenada, contendo instruções em uma das linguagens de programação existentes, de maneira lógica. Existem linguagens que são compiladas e as que são interpretadas. As linguagens compiladas, após ser compilado o código fonte, transformam-se em software, ou seja, programas executáveis. Um compilador de uma linguagem de programação é um programa que traduz as instruções escritas nesta linguagem de programação (código-fonte) para instruções escritas na linguagem que o computador consegue executar diretamente: a linguagem de máquina. O compilador realiza a tradução de todas as instruções do código-fonte e gera como resultado um arquivo com o código em linguagem de máquina (código-objeto).

Cod-fonte

Código do site focado em TI
 

Os códigos-fontes são usados muitas vezes para saber as origem daquelas páginas, como autor, qual empresa desenvolveu aquele site, blog ou sistema web. Em fim podemos visualizar qualquer código de qualquer página na web… basta clicar com o botão direito do mouse e em visualizar código-fonte… veja abaixo:

cod-fonte-Ti

Blz… abraço….

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers